Pediatria

Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) orienta como se proteger do Aedes Aegypti, o mosquito transmissor dessas doenças. Qual é o repelente ideal, seguro e como deve ser usado?

 

ATENÇÃO: CRIANÇAS DE ATÉ 6 MESES DE IDADE NÃO PODEM USAR REPELENTES!

Repelentes para crianças entre 6 meses e 2 anos de idade

Repelentes que conhetenham na sua fórmula a seguinte substância:

  • IR3535 - duração de até 4 hora, aplicar uma vez ao dia

 

Repelentes para crianças entre 2 e 7 anos de idade

Repelentes que contenham na sua fórmula uma das seguintes substâncias:

  • IR3535 - duração de até 4 horas, aplicar uma vez ao dia
  • Icaridina 20-25% - duração de 10 horas, aplicar até duas vezes ao dia
  • DEET intanfil 6-9% - duração de 4-6 horas, aplicar até duas vezes ao dia

 

Repelentes para crianças a partir de 7 anos de idade

Repelentes que contenham na sua fórmula uma das seguintes substâncias:

  • IR3535 - duração de até 4 horas, aplicar até três vezes ao dia
  • Icaridina 20-25% - duração de 10 horas, aplicar até três vezes ao dia
  • DEET intanfil 6-9% - duração de 4-6 horas, aplicar até três vezes ao dia

 

Repelentes para crianças a partir de 7 anos de idade

Repelentes que contenham na sua fórmula uma das seguintes substâncias:

  • IR3535 - duração de até 4 horas, aplicar até três vezes ao dia
  • Icaridina 20-25% - duração de 10 horas, aplicar até três vezes ao dia
  • DEET intanfil 10-15% - duração de 6-8 horas, aplicar até três vezes ao dia

 

IMPORTANTE

O repelente não deve ser aplicado sob as roupas. Aplique o produto somente nas áreas que ficarão expostas. Não aplique mais de três vezes ao dia. Pode causar intoxicação. Se for usar hidratante ou filtro solar, espere secar e aplique o repelente 15 minutos após o uso desses produtos. O repelente sempre é o último a ser aplicado.

Não aplique próximo a mucosas (olhos, nariz,boca). Lave as mãos após o uso. Não aplique nas mãos das crianças. Elas podem levar o produto à boca. Não durma com repelente. Tome um banho para remover o produto antes de dormir.

Estudos científicos mostram que a icaridina 20-25% fornece mais proteção contra o Aedes Aegypti do que o DEET 6-9%.

 

Quais outras medidas podem previnir essas doenças?

Repelentes Elétricos (Aqueles que são ligados na tomada)

Repelentes elétricos (que liberam inseticidas) são úteis para reduzir a entrada dos mosquitos. Coloque-os próximos de portas e janelas. 

Outras medidas: roupas, aparelhos, ar-condicionado e ventiladores

Não use hidratantes e cosméticos com perfume. Eles atraem o mosquito.

Prefira roupas claras, manga longa e calça comprida. Evite roupas escuras (que atraem o mosquito) e muito coladas ao corpo, poes elas permitem a picada. Resfrie o ambiente: ar-condicionado e ventilador espatam o mosquito.

A literatura científica não respalda a eficácia de aparelhos que emitem luzes nem aparelhos ultrassônicos.

 

Evite a proliferação e a picada do mosquito

O mosquito Aedes Aegypti prolifera-se em água parada. Portante, evite o acúmulo de água em vasos de plantas, caixas d'água abertas, pneus, baldes e tanques. Coloque tampa em recipientes, areia nos vasos e pneus. Tampe sua caixa d'água.

Lembre-se: o mosquito ataca mais nas primeiras horas da manhã e no final da tarde: mantenha janelas e portas fechadas nesse período. Utilize mosquiteiros e telas nas janelas e portas. As telas impedem a entrada do Aedes em sua casa. Em berços e camas, podem-se instalar mosquiteiros. É permitida a aplicação de repelentes em spray sobre o mosquiteiro para aumentar a sua eficácia.

 

Fonte: Departamento de Dermatologia Pediátrica da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) - 2015/2016

Filosofia

Desde a sua fundação a Orto-Ped mantém uma filosofia do melhor atendimento ao paciente. O atendimento é realizado por médicos que apresentam titulo de especialista na sua área garantindo uma boa qualidade de atendimento, com diagnóstico preciso auxiliados com os modernos exames complementares.

Treinamento

Visando ao constante aperfeiçoamento de seus profissionais, a ORTO-PED elaborou um cronograma de reuniões científicas  para apresentação de casos de maior complexidade. Nas reuniões científicas são também ministradas palestras de atualização para a equipe médica.

Empresarial

A Unidade de tratamento Multidisciplinar foi estruturada dentro da nova concepção do espaço arquitetônico, projetado para disponibilizar todas as terapias no mesmo local transmitindo conforto e dinamismo.