Ortopedia e Traumatologia

O que é?

A luxação do ombro (luxação gleno-umeral) é a perda da relação anatômica normal entre a cabeça do úmero e o ombro (cavidade glenóide). Quanto à etiologia, pode ser traumática ou atraumática.

A traumática ocorre após o mecanismo violento em pacientes com estrutura óssea e cápsuloligamentar previamente íntegros. Nesses casos, geralmente ocorre desinserção ou ruptura desses estabilizadores da articulação, o que pode levar à recorrência da patologia.

Na atraumática há alterações preexistentes que favorecem a luxação (ou subluxação) mesmo na ausência de grande trauma. Esses pacientes geralmente apresentam hipermobilidade geral em outras articulações.

O que se sente?

Após o tratamento de um episódio inicial com redução e imobilização temporária, o paciente refere que sente insegurança para determinadas atividades e movimentos (geralmente abdução e rotação externa, pois a instabilidade anterior é mais freqüente). Pode ocorrer dor, embora não seja o sintoma mais comum (exceto durante o episódio traumático agudo).

Eventualmente ocorrem novas luxações, e com a progressão da lesão anatômica cada vez o ombro "sai do lugar" com maior facilidade e com menor trauma. Com o passar do tempo, atividades como praticar natação, dirigir um carro ou até pequenos movimentos ao dormir podem causar novo episódio.

Nas instabilidades atraumáticas, geralmente desde a adolescência ou juventude o paciente apresenta uma sensação de insegurança no ombro, que por vezes é bilateral, geralmente multidirecional, e sem episódio traumático agudo. A subluxação com redução espontânea é um achado clínico freqüente nesses casos.

Como se faz o diagnóstico?

O diagnóstico é clínico e a anamnese e o exame físico são fundamentais. A classificação é importante para planejar o tratamento. É importante determinar a etiologia (traumática ou atraumática), a direção (anterior, posterior, multidirecional), além de outras características da instabilidade.

Além da história, que geralmente é típica, há manobras no exame físico que confirmam o diagnóstico: 

  • Teste de apreensão
  • Sinal de gaveta
  • Sinal de sulco
  • Teste de recolocação

Os exames radiológicos complementam o diagnóstico e ajudam a identificar lesões associadas, importantes no planejamento do tratamento.

Quando são necessárias mais informações sobre o complexo cápsulo-ligamentar pode-se indicar a artro-ressonância magnética.

Como se trata?

Inicialmente de forma conservadora, que consiste em reforço muscular compensatório. Os músculos da cintura escapular auxiliam na estabilização dinâmica do ombro e sua força e função adequadas são fundamentais no tratamento. As luxações atraumáticas (geralmente bilaterais e multidirecionais) respondem melhor ao tratamento conservador.

Na maioria das luxações traumáticas e nas atraumáticas que não respondem ao tratamento está indicada cirurgia. Há várias técnicas cirúrgicas, sendo que as melhores e mais atuais preconizam correção da lesão fundamental de Bankart (desinserção da cápsula anterior e do labrum Juno à glenóide), quando essa estiver presente, associada ou não a uma capsuloplastia.

Como se previne?

Nos pacientes com hipermobilidade global, o treinamento muscular adequado pode ser eficaz. É difícil prever a ocorrência de uma luxação traumática, embora um condicionamento físico adequado seja sempre útil, especialmente em atletas. Uma vez ocorrida a luxação traumática, é grande a possibilidade de se tornar recidivante, principalmente em jovens.

fonte: http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?278

Filosofia

Desde a sua fundação a Orto-Ped mantém uma filosofia do melhor atendimento ao paciente. O atendimento é realizado por médicos que apresentam titulo de especialista na sua área garantindo uma boa qualidade de atendimento, com diagnóstico preciso auxiliados com os modernos exames complementares.

Treinamento

Visando ao constante aperfeiçoamento de seus profissionais, a ORTO-PED elaborou um cronograma de reuniões científicas  para apresentação de casos de maior complexidade. Nas reuniões científicas são também ministradas palestras de atualização para a equipe médica.

Empresarial

A Unidade de tratamento Multidisciplinar foi estruturada dentro da nova concepção do espaço arquitetônico, projetado para disponibilizar todas as terapias no mesmo local transmitindo conforto e dinamismo.