Primeira Infância: entenda esta etapa da vida - Ortoped

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Primeira Infância: entenda esta etapa da vida

ARTIGOS
Primeira Infância: entenda esta etapa da vida
Mamãe, o termo primeira infância está sempre em evidência, por meio dos pediatras, educadores, em reuniões de pais, noticiários, escolas e em muitos outros lugares. Porém, você sabe o que ele significa e qual a sua importância?
A infância, em termos gerais, é a etapa da vida que começa no nascimento e vai até os 12 anos de idade. É a época em que seu filho mais se desenvolve, adquire conhecimento da vida e do mundo por meio dos sentidos – visão, audição, tato, olfato e paladar – e da própria existência. Por isso, corre, brinca, pula... é tudo novo e ele tem uma imensidão de coisas para descobrir.
Por ser tão importante, a infância pode ser dividida em três etapas: lactentes, do nascimento até o bebê completar um ano de idade; a primeira infância, de um a três aninhos de idade; e a criança propriamente dita, dos três anos completos até os 12 anos de idade. Depois disso vem a adolescência, a fase adulta e a terceira idade.
Mas afinal, por que a primeira infância recebe tanto destaque?
Porque este é o período de maior aprendizagem e descobertas. É justamente nesta fase, principalmente até o primeiro ano de vida, que a criança cresce e se desenvolve rapidamente. Basta observar: com cerca de quatro meses seu bebê ganhou peso, está mais encorpado e consegue ficar sentado junto a um apoio; por volta dos cinco meses, este apoio já não é mais necessário; entre os seis e oito meses, começa engatinhar; aos nove, geralmente fica em pé com uma pequena ajudinha; perto de completar um ano, ele já consegue manter-se em pé sozinho e, após essa idade, surgem as primeiras palavras.
Podemos dizer que a palavra da primeira infância é a descoberta. Descoberta de formas, cores, texturas, sabores, espaços e é também uma fase de maior vulnerabilidade, pois seu bebê está começando a conhecer os limites. Por isso, ele necessita de uma proteção extra para ensinar o que pode ou não ser feito e o que implica perigo, ao mesmo tempo em que você o respeita e deixa que ele ganhe conhecimento do mundo ao seu redor.
A saúde, nutrição e bem-estar do seu pequeno nesta fase devem ser suas maiores preocupações, já que é justamente na primeira infância que se inicia a formação dos hábitos alimentares, o desenvolvimento mental, emocional, de aprendizagem e socialização da criança que irão acompanhá-la para o resto da vida.
Mesmo com todos esses cuidados e atenção extras que a primeira infância requer, não é preciso desespero nem desgaste, pois com certeza, esta também é uma das fases mais deliciosas que existem.
Redescobrir o mundo por meio do desenvolvimento do seu filho pode ser realmente emocionante, você concorda?
Fonte : Blog Vida de Mãe
 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal