O que fazer quando o bebê está com cólica? - Ortoped

Ir para o conteúdo

Menu principal:

O que fazer quando o bebê está com cólica?

ARTIGOS
O que fazer quando o bebê está com cólica?
As cólicas aparecem quando o bebê está com 2 a 3 semanas de vida. Na maioria das vezes não se associam a nenhuma doença e tendem a desaparecer, sem nenhum tratamento específico, por volta dos 3 a 4 meses de vida. Mesmo crianças em aleitamento materno podem ter cólicas.
O bebê apresenta uma dor ou incômodo agudo e em espasmos que se manifesta como um choro súbito, inexplicável e inconsolável. A criança fica vermelha, vira a cabeça para os lados, as mãos ficam fechadas e as perninhas se dobram sobre a barriga.
Esse quadro pode durar horas, com algumas pausas curtas. O choro não cessa com nada o que deixa os pais preocupados e tentando buscar uma solução para o problema a qualquer custo. Entretanto, pouco se sabe sobre a cólica do lactente. Não há uma causa totalmente conhecida e nenhum tratamento eficaz. Até hoje o que se tem são muito mais dúvidas do que respostas. Isso também gera muita preocupação e mais ansiedade para todos.
Há mais de 50 anos o que se sabe sobre a cólica e que permanece vigente até hoje é a dita “regra dos 3” que tentam explicar como é a cólica “normal” do bebê:
o Dura pelo menos 3 horas
o Ocorre pelo menos 3 dias por semana
o Costuma desaparecer aos 3 meses
Além disso, ela acontece em um período determinado: fim do dia e início da noite. Acredita-se que a cólica faça parte do amadurecimento do bebê (trato gastrintestinal e nervoso) e a sua intensidade é bastante variável. Alguns fatores que podem interferir são: temperamento da criança, ansiedade dos pais, personalidade da mãe e dinâmica e horários da casa.
O que fazer quando o bebê está com cólica ?
Não tem uma regra perfeita e muitas vezes nada funciona. Primeiro de tudo é ter calma e quando o cansaço aparecer pedir ajuda. Não é fácil ver a criança chorar dias seguidos por horas de forma inconsolável.
o Tire todas as dúvidas na consulta com o pediatra
o Saiba que isso, na grande maioria das vezes, é totalmente normal. Especialmente se a dor tiver as características citadas acima.
o Leve o bebê para um lugar com pouca luz e barulho.
o Segure o bebê com cuidado e carinho, se possível sem roupinha. Faça massagens leves pelo corpinho. O contato pele a pele é muito importante para a criança se sentir segura.
o Não sacuda a criança, isso não piora a cólica, mas pode deixá-la mais irritada.
o Quando a criança dormir, descanse também.
o Nenhum remédio até o momento mostrou melhorar de forma importante a cólica.
o Não dê chás, sucos ou preparados caseiros visando melhorar a cólica.
o Continue amamentando. A alimentação não piora a cólica.
o Crianças com cólica devem crescer e se desenvolver normalmente.
o Lembre-se que esse quadro vai passar.
 
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal